Uncategorized

Intercâmbio Mini High School no Canadá

Conheça o programa de Intercâmbio Mini High School no Canadá:

Clique aqui e peça mais detalhes do Programa de Intercâmbio de 10 semanas!

Mini_highschool_APMP_web

Intercâmbio de Agricultura

 

Intercâmbio de Agricultura

A  Interprograms assinou contrato de parceria com a faculdade centenária  de Olds, Canadá. O acordo concede à Interprograms a inclusão do programa de agricultura da faculdade no portfólio da empresa.  A faculdade é uma das instituições de ensino mais importantes do país.

O Programa

O curso de agronomia oferecido pela Interprograms é ideal para aqueles que têm interesse pelos aspectos práticos e acadêmicos na área de agronomia: agrônomos, consultores de safra, produtores, pessoal de instalações de limpeza de sementes, produtores de sementes, comercializadores de sementes e outros interessados e envolvidos nos setores de agronomia, sementes e agronegócios. O programa busca oferecer o que há de mais avançado em tecnologia e pesquisas para que o aluno conquiste habilidades para gerenciar a empresa ou a fazenda.

 

Para mais informações clique aqui

 

 

Dicas de intercâmbio na Espanha

??????????????????

A aluna da Inteprograms, Nathalia Silva, fez um vídeo dando algumas dicas do intercâmbio, na Espanha, relatando as experiências culturais em que ela viveu por lá. Encorajamos os alunos a registrarem as impressões que tiveram do lugar para que haja trocas de informações relevantes com os aspirantes intercambistas e, também, com os que já estão fora do país. Parabéns, Nathalia!

Assista o vídeo da Nathália clicando abaixo!

 

Educação internacional cabe no orçamento da classe C

Intercâmbio

O crescente número da classe C e a maior distribuição de renda brasileira vêm refletindo em diversas partes da economia e consequentemente abrindo espaços para mercados como o intercâmbio cultural antes dominado pela classe A e B.

Representando 54% da população e pensando numa reorganização estrutural do país, a classe C representa um enorme potencial para a construção de pilares importantes para o desenvolvimento do país.

Com apenas 23 % da classe C dominando um segundo idioma, a busca por esta experiência tem se mostrado cada vez mais importante, o alicerce do país depende muito da classe social
dominante e um programa para o exterior representa unir forças nesta direção.

O amadurecimento pessoal, o aprendizado da língua, a troca de costumes e experiências com diferentes países só tende a fortalecer as pessoas envolvidas nesse projeto, melhorando a qualificação e aumentando o padrão de competência das futuras gerações.